Escritores angolanos

3 Mai , 2014   ,

Uma das recompensas de se viajar em África é poder comprar livros dos autores locais. Infelizmente, muitos destes livros ainda não passam as fronteiras.
Esta semana em Luanda, li a banda desenhada de Armando Eduardo, um livro de ficção e outro de crónicas do Luis Fernando. Hoje não resisti e voltei a ler o clássico, ‘O ministro ‘ de Uanhenga Xitu. As palavras destes escritores angolanos de gerações e tempos diferentes são autênticas aulas catedráticas sobre as gentes do seu país. Quer de ministros com ou sem aspas, como escreveu Uanhenga, quer dos recém-empresários da atual Angola como o Sr. Alegria da Costa, personagem do livro ‘Clandestinos no paraíso’ de Luis Fernando.
Estas e as outras personagens destes livros partilharam comigo, através das suas vidas inventadas, como são as vidas reais dos outros.