Prendas em Bissau

13 Jul , 2015   ,

Tenho alguns amigos e amigas ricos na Guiné Bissau, senão são ricos (dirão eles, pelo menos não são pobres) mas de quem recebi prenda foi dos outros (não-ricos ou pelo menos sem cargos grandes e importantes). Hoje recebi dois presentes!

De manhã cheguei ao parlamento e o funcionário que está responsável por me ‘acompanhar’ (faz tudo – desde de montar sala, trazer àgua, levar-me aos gabinetes) trouxe-me um pote com comida. Nos últimos dias não tenho almoçado por falta de tempo, ele resolveu por isso trazer-me comida da sua casa mesmo estando ele no Ramadão!

Andei orgulhosamente com o tacho lado a lado com o computador pelos corredores! Era a minha prenda! Depois à noite quando ia entrar para o hotel vi a vendedora de fruta a quem comprei mangas a semana passada e com quem na altura tive uma longa conversa. Nesse dia ela estava com um vestido lindo mas com ar triste… e eu disse-lhe que estava toda bonita, ela riu-se e disse que já não era bonita. Eu insisti que ela era uma mulher linda. Ela insistiu ‘homem prefere rapariga ( badjuda) eu já nem sou jovem nem velha’. Mas já se ria e disse-me que a tinha feito ficar alegre e por isso ia me fazer um vestido. Ri e fui embora e nunca mais me lembrei do assunto.

Hoje cá estava ela à minha espera. Não sei como soube onde eu estava mas cá estava. Disse-lhe que não tinha dinheiro para lhe dar naquele momento, mas ela esclareceu que ‘prenda não se paga’. Pois não!

Ela tem razão, não há dinheiro que possa pagar estes gestos.