Grande Zezito Mendes

29 Jan , 2016  

‘Como se chama? ‘, bety, respondi ( mudo e mudam o meu nome, às vezes sou elisabete, outras Beta, outras Eli.. E todos me servem).

Ao ouvir Bety ficou transtornado e afastou-se, ele a sua guitarra e a voz. Percebeu-se que no passado existiu uma Bety.. Voltou mais tarde e falou-me da outra Bety de há 20 anos atrás. Sempre que ouve ‘Bety’ não é fácil. Os anos de felicidade voltam à memória, mas também a tristeza da doença e da partida. Com desabafo feito selou-se a empatia o início de uma amizade. A conversa foi indo sozinha, desde de Cuba onde ele estudou musicologia até à minha incapacidade de cantar..

Ficou a promessa que numa próxima viagem a S. Tomé vai-me dar aulas de canto. Já me ensinou a ouvir as ondas do mar, ‘cada uma tem um som’, repetiu… É verdade. Grande Zezito Mendes…

No final da conversa pegou na guitarra e cantou ‘já tive mulheres de todas as cores… Mas nenhuma delas me fez tão feliz como vocês (estava eu e a Cláudia) me fazem. 😉 (nos dias de convívio falar e ouvir o Zezito fez-me feliz apesar de já ter assistido a cantores de todos as cores, felizes, tristes.. Mas nenhum deles nos fez tão feliz (naqueles dias) como o Zezito nos fez.

A Piscina

23 Jan , 2016  

12523090_1260892933927716_5901893359709899604_n

Esta Piscina está-me ‘emprestada’. Com a piscina veio um café e um sítio para deixar as malas. Depois de 11 horas de avião chego ao destino, mas nem tenho chave nem quem abra a porta. Resta-me ficar na rua.

Seria assim… mas valem-me sempre umas almas generosas que me aparecem na vida nunca sei bem de onde e porquê e que transformam momentos-menos-bons em momentos bons. O ‘meu’ taxista (digo meu porque já somos amigos- esta amizade consolidou-se quando o ano passado ele atende um telefonema e fica nervoso. Um amigo ameaçava suicidar-se. Desligou e o transtorno continuava. Eu resolvi sugerir falar eu com o amigo ‘diga-lhe que ele vai falar com a doutora’ e lá falei e fiz de psicóloga. Obviamente que só disse as coisas obvias mas o rapaz do outro lado da linha respeitou o que a ‘doutora’ disse. Desde daí não tenho um taxista, tenho um amigo.) mas voltando à história da piscina.

More…

Quelimane – Adeus 2015

18 Dez , 2015  

Quelimane, Zambezia, Moçambique. A cidade das bicicletas-taxi. Primeiro estranha-se, depois entranha-se.

Conduzir cercados de bicicletas é um desafio. Nunca se sabe para onde vão virar, e muitas vezes distraio-me com o que levam na bicicleta, vai o cliente, e sacos, e 3 ou 4 crianças, colchão, acho que já vi quase tudo a ser transportado pelas bicicletas, cabrito, porco. Tudo vai. Eu própria numa das vezes que usei pedi ao ‘taxista’ para me ajudar a levar 5 sacos com sumos para levar para os meus alunos. Não sei como o rapaz fez mas lá fomos com sacos pendurados por todo o lado.

More…

Lapsos de Memória

12 Dez , 2015  

O passado é arrumado na minha cabeça sem datas – digo sempre ‘foi há uns anos, talvez 2 ou 3’. Raramente passo disto. Mas lembro com precisão conversas, rostos, momentos. Hoje ao ler as notícias vi que nesta data Frank Sinatra faria 100 anos. Veio-me à memória em detalhe o anúncio da sua morte. Estava em Nova Iorque sozinha. Liguei a televisão e dão ‘breaking News’ – Sinatra tinha morrido.

Sentei-me e fiquei ali a ver a televisão que passou só a ser Sinatra. Resolvi ir beber à sua memória, afinal estava em Nova Iorque. Subi ao bar no último andar do hotel, com paredes vidro dali via-se as luzes da cidade que nunca dorme. No bar umas poucas almas solitárias salpicavam as mesas. Claro, o único som era a voz do Sinatra. Hoje a minha memória voltava a mentir-me e a dizer que foi só há uns anos… Afinal já lá vão 17 anos.

Ainda hoje, ouvir My Way é uma das minhas auto-terapias para momentos menos fáceis.

Guiné-Bissau, Nov/Dez 2015

4 Dez , 2015   Gallery

Só de Sacanagem

29 Nov , 2015  

Bissau recebe para a semana 40 parlamentos africanos. Os hotéis vão estar cheios. É uma excelente notícia para a Guiné-Bissau receber esta reunião. É um sinal de confiança dos outros países Africanos na Guiné-Bissau. Mais de 200 delegados irão invadir a pequena cidade.

Os restaurantes irão encher, artesanato vai ser vendido e sobretudo a imagem do país vai ser ‘vendida’ e se for boa… Dará em turismo e dinheiro para a economia (sobretudo para o sector privado), não só durante a reunião. Alguns hotéis estão a fazer grave especulação de preços. Em Portugal é crime, aqui ainda não sei. Mas mesmo não sendo crime na lei, é crime moral.

More…

História Viva

23 Nov , 2015  

A deputada Buscardini olha a foto do seu esposo, combatente do PAIGC. Perguntei-lhe como é ver nas paredes da Assembleia o seu falecido esposo. Ela respondeu emocionada ‘eu estive em todos os momentos destas fotos’..

A história ainda está viva e não só nas paredes.

Manuel Sumbana

23 Nov , 2015  

‘Perdemos o Manuel’ foram as palavras que recebi do Luis Nhachote. ‘Qual Manuel?’, perguntei.

Mesmo quando li no telefone ‘o Sumbana’. Fiquei incrédula. Perdemos o amigo Manuel Sumbana. Há meses que tínhamos combinado um café e e eu fui adiando, chegava a Maputo e as correrias não me deram tempo. Falávamos ao telefone e o Manuel reclamava, mas eu já estava a sair de Maputo para a Beira ou Quelimane. Adiava para ‘quando voltar’… Em momentos difíceis o Manuel ouviu-me sempre, eu em Londres ou noutro sítio, mas de Maputo recebia sempre ‘onde andas e como estás?’. Não me perdoo por não ter estranhado não receber estas perguntas nos últimos 2 meses…nem soube que ele estava doente, mas ao contrário dele, nunca perguntei.

More…

Trilogia LAM

19 Set , 2015  

Episódio 1: O lugar que não existe 😉

Já me aconteceu muita história com a LAM mas esta é nova..o meu lugar 22 não existe, o avião termina na fila 20! Ainda perguntei se estava no voo certo… Gargalhada geral dos passageiros 😉 e cá estou no lugar 20… como diz o senhor sentado ao meu lado ‘vamos lá ver se não vamos parar à Tanzânia’ 😉

Episódio 2. Comida distribuída

O meu vizinho comeu a sandes, depois veio a senhora da LAM informar que as caixas brancas ( as nossas) já não estavam boas. E deu-nos umas azuis. O homem estava a dar a última dentada… Ela fez uma cara de ‘tchiii não coma isso’. O senhor que me fez rir a viagem toda, recebeu a azul e disse-me ‘ mas porquê que ela não me deixou na ignorância? Agora vir dizer-me que sandes que acabei de comer não está boa! O que é que me adianta’ 😉 rimos!

More…

A Pomba Curiosa

14 Set , 2015  

Beira, 2 pombas brancas a terceira pomba aos pés de Dlhakama. Na primeira fila o antigo presidente Chissano, a Governadora Helena Taipo, Afonso Dlhakama e Daviz Simango. Dom Cláudio no final da missa libertou 3 pombas brancas. Duas voaram para o tecto a terceira para espanto de todos voou e ficou ali parada a olhar para a primeira fila. Se não tivesse visto não acreditava! O protocolo foi quebrado e uma multidão correu para tirar fotos.

Entre espanto e graça foi um momento estranho mas bonito.