Sul de África (Namíbia, África do Sul)

1 Jan , 2016   Gallery

,

Bujumbura

11 Dez , 2015  

,

Há uns anos passei várias semanas em Bujumbura. Acompanhava as eleições, a minha equipa era das que tinha recebido colete anti-balas.. Não era a primeira vez, achamos sempre ser medida preventiva. No dia da eleição, porque íamos para a Bujumbura rural, tivemos que levar ‘seguranças’. Já não gostei.

A observação é para ser discreta. Como chefe de equipa impus distância aos seguranças irlandeses. Eles tentaram contrariar-me mas eu era a ‘chefe’. Até que a meio do dia numa escola na margem do lago Tanganika e montanhas do outro lado começaram tiros sem se saber de onde vinham. Duraram minutos e nunca apareceram. Deitados debaixo das mesas ficámos à espera do que iria acontecer. Eu tremia e não me esqueço da cara dos membros da mesa de voto também no chão ao meu lado. Parou.

More…

O Primeiro Plano Estratégico da Guiné-Bissau

2 Dez , 2015  

, ,

A Assembleia Nacional Popular da Guiné-Bissau aprovou ontem por unanimidade o primeiro Plano Estratégico realizado não apenas por técnicos, mas também, e sobretudo, com os parlamentares.

As Comissões Especializadas Parlamentares estiveram no centro deste trabalho por ser objetivo da Assembleia o reforço da capacidade de Fiscalização e prestação de contas pelo Executivo. Citamos as palavras de agradecimento ao Pro PALOP TL (projecto PNUD financiado pela Uniao Europeia) dirigidas por Sua Excelência, o Presidente da ANP, Eng Cipriano Cassamá: “A nosso pedido o Pro-PALOP TL colaborou e guiou-nos na elaboração deste plano, mas respeitando e fazendo questão que o plano fosse nosso e não do parceiro. O projecto PRO-PALOP TL seguiu o velho ditado chines ‘ de ensinar a pescar, em vez de dar o peixe`, gesto que apreciei muito e agradeço.”

More…

Guiné Bissau, Assembleia Nacional Popular

4 Ago , 2015   Gallery

, ,

56 anos passados

3 Ago , 2015  

, ,

Foi há 56 anos que as autoridades portuguesas coloniais reagiram brutalmente à manifestação dos trabalhadores marinheiros que pediam melhores condições e aumento salarial. Morreram centenas de pessoas. Hoje assinalou-se a data no local do massacre, praça de Pdjinguiti.

Lá estive entre guineenses amigos. Já passaram 56 anos e que eu saiba nenhum familiar meu esteve alguma vez nas colônias. Mas mesmo assim sendo portuguesa hoje os ‘maus’ eram a minha tribo. E passados 56 anos ali estava eu da tal ‘tribo’ no meio de amigos, ex-combatentes e até de sobreviventes ao massacre.

More…

Guiné Bissau – 2015

3 Ago , 2015   Gallery

, ,

Assembleia Nacional da Guiné Bissau

9 Jul , 2015  

, ,

As gargalhadas foram dadas por mim e pelos Senhores deputados da Comissão Parlamentar dos Assuntos Jurídicos, Constitucionais, Direito do Homem e Administração Pública. Trabalhámos horas (aliás os deputados, eu só estava como facilitadora) mas a boa-disposição ajudou que se trabalhasse horas quase sem notar.

De salientar que nesta sala estão deputados tanto do PAIGC como PRS (e em todas as Comissões) o relacionamento entre os deputados não só é de boa-convivência como de verdadeiro trabalho conjunto. Para quem só lê más notícias sobre a Guiné Bissau leiam : o convívio entre as diferentes bancadas não só é de mútuo respeito como é marcado por uma atitude construtiva conjunta para a retoma e desenvolvimento do país.

Cruzamento com a História

7 Jul , 2015  

,

Cruzamento com a história ou ‘estórias de vida’. Estávamos sentados lado a lado nas cadeiras de plástico. Esperávamos os 3 para reunir com ‘homem grande’ (com cargo importante, pelo menos). O ar condicionado do gabinete do homem grande não chegava ao corredor das nossas cadeiras. A espera prometia ser longa. Resolvi por isso falar com os dois velhotes. Palavra puxa palavra. E já estávamos em grande conversa.

Eu tinha um pedaço da história da Guiné Bissau ali ao meu lado. A história de países é feita da soma de muitas estórias. No caso de jovens estados, podemos estar ao lado como eu hoje estive de quem lá em 1973 esteve no içar da bandeira e na proclamação do Estado da Guiné Bissau.

More…

São Tomé e Príncipe – 2015

24 Jun , 2015   Gallery

, , ,

Mozambique to 2018: Managers, Mediators and Magnates

22 Jun , 2015  

, ,

Mozambique’s ambitious new executive must find ways to bridge a set of gaps: between the core and the periphery; between political parties – established and new; and between the interests of business and the stark fact that Mozambique remains extremely poor, according to a new report.

Mozambique2018

Photo: Louise Gubb/CORBIS SABA
Recent political developments in Mozambique mark the beginning of an important era. The party of government, the Mozambique Liberation Front (FRELIMO), is clearly anxious to back the newly elected head of state, Filipe Nyusi, who – following an initial tussle with his predecessor – is apparently keen to open a different style of dialogue with his rivals both among the country’s opposition parties and within FRELIMO itself. This apparent political maturing comes at a time when the prospect of significant economic transition is gaining ground.
More…